Tempo Medicina de Família se instala no Perini

Tempo Medicina de Família: de uma para seis unidades em 2020

Joinville, em Santa Catarina, ganhou nesta semana mais uma unidade da Tempo Medicina de Família. A primeira está localizada no Centro e a segunda foi estrategicamente instalada no Perini Business Park: o maior parque empresarial multissetorial da América do Sul. O complexo está no Distrito Industrial e possui terreno de 2,8 milhões de metros quadrados para abrigar a sede de 240 empresas nacionais e multinacionais. Circulam por lá mais de 10 mil pessoas diariamente e, por essa razão, o Perini Business Park é um espaço disputado por organizações que atuam no segmento da saúde.

Crédito – Divulgação.

Os médicos e sócios fundadores da Tempo Medicina de Família, Paulo Poli e Bianca Poli, acreditam que a instalação no parque industrial cumpre à risca o propósito da clínica: otimizar o tempo dos pacientes no atendimento coordenado à saúde. “Atendemos particular e convênios Nossa unidade no Perini Business Park, em parceria com a Amil, atende justamente as necessidades desse público-alvo, pacientes de planos corporativos, que contam agora com a facilidade, a praticidade e o conforto de encontrar atendimento médico no próprio ambiente de trabalho”, conta Paulo Poli.

O acesso rápido à assistência médica, inclusive, é o diferencial da Tempo Medicina de Família nas demais localidades onde está presente – nas Mercês e Água Verde, em Curitiba, e na unidade do Centro, a primeira em Joinville. E para garantir atendimento em 48 horas, a clínica oferece a telemedicina, que ganhou os holofotes com a escalada do coronavírus em todo o mundo. “A pandemia acelerou, na mesma proporção, o home office, o ensino à distância e a telemedicina, que vinham caminhando a passos lentos. Todos esses formatos já estavam sendo testados, mas para evitar o contágio em massa, tiverem que ser incorporados em tempo recorde. E é um caminho sem volta”, afirma Poli.

Há nove meses o Brasil convive com a pandemia e, nesse tempo, médicos e pacientes já se sentem confortáveis diante das câmeras. Paulo Poli explica que os atendimentos por telefone e whatssap já vinham se popularizando e eram uma forma de agilizar a comunicação em casos simples, como dúvidas para interpretar um exame ou para dar uma orientação para dores de cabeça, nas costas e episódios de febre, por exemplo. “No entanto, o vídeo deu um salto na qualidade dos atendimentos, já que 70% da comunicação é não verbal: por isso que o olho no olho, com a ajuda das lentes, é tão importante na consulta”, salienta Paulo Poli.

Crédito – Divulgação.

Ele acrescenta que 80% dos atendimentos realizados na Tempo Medicina de Família são via telemedicina. Em todas as unidades, mais de 100 médicos e psicólogos realizam mais de 10 mil consultas mensais. E a facilidade e a agilidade da telemedicina ainda ajudam a resolver um problema antigo de saúde, sobretudo no Brasil. Com a fragmentação da medicina em áreas específicas, os pacientes são atendidos por diversos especialistas ao longo da vida, o que culminou na escassez dos clínicos gerais. E quando sentem incômodos como dores e febre a saída é correr para o pronto-atendimento, já que as pessoas não possuem mais um médico de referência.

“O coronavírus acendeu uma luz sobre essa questão, de que prontos-socorros e unidades hospitalares são focos de contágio e que devem ser evitados. Se existe lado bom da pandemia, é a conscientização sobre alguns aspectos relativos à saúde e um deles é modificar essa cultura do brasileiro de correr para o pronto-atendimento. A Tempo preenche justamente essa lacuna porque oferece assistência rápida, sem que o paciente precise se deslocar. No lugar de um médico plantonista, que terá dificuldade em dar seguimento ambulatorial ao paciente, está o médico de família, que já conhece o seu histórico de saúde. Temos consultas inclusive à noite e nos horários de almoço para nos adequar a agenda dos pacientes, que, muitas vezes, não têm tempo no expediente para cuidar da saúde”, detalha Paulo Poli.

Atenção primária e medicina de família juntas no cuidado coordenado
O pilar da Tempo Medicina de Família é a atenção primária, que pode ser definida como um olhar sistêmico e atento aos atributos físicos e mentais do paciente, com foco na prevenção e atendimento continuado. A atenção primária é ministrada pelo médico de família e uma equipe de profissionais, que atende o paciente em todas as fases de sua vida e conhece seu contexto de saúde. Esse modelo contribui com a sustentabilidade dos sistemas de saúde em todo mundo e vem sendo adotado pelas operadoras e pelo sistema público. Afinal, a prevenção e o controle de doenças diminuem os custos com a saúde a médio e longo prazo.

Crédito – Divulgação.

O acolhimento, que faz parte da postura dos médicos de família, cria um vínculo com os pacientes, faz parte de toda a cadeia de atendimento na Tempo: agilidade para marcar a consulta; recepção por uma técnica de enfermagem nas unidades, que dá início ao cuidado coordenado; as boas-vindas na entrada da clínica pelo próprio médico; a consulta propriamente dita; e o pós-atendimento, momento no qual profissionais entram em contato para saber como está o estado do paciente após a consulta. O projeto arquitetônico das unidades segue essa mesma linha, para promover a sensação de conforto e bem-estar, que não é comum em estabelecimentos de saúde. Espaços aconchegantes, com plantas, livros e até uma cafeteria, em uma das unidades de Joinville, transformam a assistência médica em uma experiência única e memorável.

Somado à telemedicina, esse modelo inovador de gerir a saúde dos pacientes é responsável pela expansão meteórica da Tempo. Apenas em 2020 a empresa passou de uma para seis novas unidades. Os médicos fundadores encontraram em outros médicos os sócios perfeitos, por compartilharem da mesma visão sobre o cuidado coordenado. O modelo de negócio possibilita que os médicos que atuam em cada região da expansão passem a integrar a sociedade. Hoje, a equipe da Tempo Medicina de Família conta com 150 profissionais.

O plano de crescimento é ousado e prevê, em breve, abertura de unidades na região Norte de Curitiba, além da expansão em Santa Catarina e o início das atividades no estado de São Paulo. Assim como na saúde, no mundo dos negócios, não há tempo para perder. Informações sobre os endereços, convênios e horário de atendimento podem ser conferidos no site: clinicatempo.com.br.

 

Fonte Megusta Cutitiba

Gostou deste artigo?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on email
Envie para um amigo

Deixe um comentário: